Como começar na Academia

nunca-tarde-para-comecar-corrida

Começar uma rotina de treinos nem sempre é uma tarefa fácil, exige dedicação e comprometimento, além de uma boa dose de disposição. Dar início a prática de exercícios físicos em uma academia é sinônimo de boa forma e uma maneira de manter a saúde em dia. Entre aqueles que não têm o hábito de se exercitar, o primeiro passo é ainda mais difícil.

O sedentarismo acarreta uma série de problemas, e é apontado por muitos especialistas como um dos males do século. Além do excesso de peso, a falta de exercícios pode fazer mal ao coração e atingir outros órgãos do corpo. Para aqueles que ainda não sabem por onde iniciar, seguem algumas dicas de como começar na academia.

Iniciando na academia

comecar-academia

Antes de começar qualquer exercício, existem algumas medidas que os alunos precisam tomar, caso contrário o corpo pode sofrer alguns traumas. Na maioria das vezes, a própria academia auxilia os seus alunos. Como, por exemplo, consultar um médico especialista que poderá falar se a pessoa está apta ou não para praticar determinado treino, indicar o tipo de exercícios mais adequados, pode inclusive auxiliar na melhor alimentação, além de orientar os professores a observar os pontos fracos que cada um poderá apresentar. A seguir o passo a passo para ajudar os interessados a começar na academia.

  1. Exame médico: Esse é o primeiro estágio antes de iniciar qualquer atividade física. Algumas vezes a pessoa pode ter certas deficiências que somente um médico especialista poderá apontar. Ele também é fundamental para que o professor possa inserir o treino ideal para cada pessoa, afinal, todos têm suas limitações. É importante lembrar que os exercícios muitas vezes irão colocar o corpo no seu limite, então conhecer esses limites é essencial.
  2. A melhor academia: Em qualquer região existem várias opções de lugares de treino. Alguns condomínios, inclusive, já possuem academias próprias, o que torna o início dos sedentários ainda mais fácil, mas é fundamental ter um acompanhamento de um profissional de educação física, ou seja, se a pessoa optar por usar a academia do seu condomínio, o recomendando é contratar a ajuda de um personal trainer. Esse especialista irá fazer um cronograma de treinamento baseado na finalidade de cada pessoa. Se o objetivo for a perda de peso, o tipo de exercício será diferente daqueles que pretendem ganhar massa muscular.
  3. Avaliação Física: Depois do exame médico, da escolha da academia, o próximo passo é passar por uma avalição física. É ela que vai definir o melhor conjunto de exercício para o indivíduo. Além de mapear a condição física, ele mede a força, flexibilidade, postura, entre outros fatores. A partir dele será definido também a frequência com que os exercícios devem ser feitos.
  4. Objetos para treino: Mesmo sendo básico, algumas pessoas deixam de lado alguns objetos que são fundamentais para uma boa rotina de treinos. Um exemplo é usar roupas e tênis adequados. As roupas precisam ser confortáveis, e não devem prender os movimentos. Já o tênis precisa ser apropriado para a prática de exercícios. Outros objetos são: garrafa de água para manter a hidratação, cronômetro também ajuda a manter o ritmo, e no caso das corridas, um aplicativo que possa medir os batimentos cardíacos e outros indícios necessários.
  5. O primeiro treino: Costuma ser mais tranquilo que os demais, pois o aluno está fazendo uma adaptação com essa nova rotina. Ele é responsável por preparar o corpo para o que ainda está por vir. Normalmente se divide em três fases: aquecimento, parte principal e alongamento ou relaxamento.
  6. Objetivo definido: Manter o foco é um dos principais desafios na hora de começar na academia, mas é fundamental para que os treinos tenham o resultado desejado. Cada pessoa tem um objetivo diferente, alguns querem perder peso, outros procuram definir os músculos e outros buscam mais resistência física. Logo, cada uma dessa etapa exige exercícios diferentes.
  7. Aulas perfeitas: Saber associar um treino agradável a seu objetivo irá fazer com que as aulas sejam perfeitas, ou seja, nesse estágio a obrigação pode dar lugar a algo prazeroso, e a ida a academia se torna menos sofrida.

Criar o hábito de frequentar uma academia pode ser o primeiro passo para manter uma vida saudável, muito mais que aparência, fazer algum exercício físico proporciona maior qualidade de vida. Nem sempre essa é uma decisão fácil, é comum que muitas pessoas desistam no meio desse processo, mas a força de vontade conta muito nessa hora.

Fazer dessa atividade algo prazeroso é fundamental, o importante é ver a academia como um lugar de fazer amigos e saber que tudo irá se refletir na maneira de viver.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *